quarta-feira, janeiro 04, 2017

Uma possível leitura do Pontificado de Francisco

Resultado de imagem para Papa Francisco

A leitura do pontificado do Papa Francisco não é realmente simples e somente com um maior desenrolar de seu pontificado poderemos fazer uma leitura um pouco mais precisa de seus atos e intenções. Vamos tentar fazer alguma leitura sobre este Pontificado, avisando desde já, que podemos errar em nossa análise.

Um Papa Católico de verdade

O Papa Francisco é um Papa Católico, ao contrário do que muitos contrários ao seu estilo afirmarem, esta hipótese é lançada por terra simplesmente pelo fato de lermos não somente os pontos isolados, principalmente aqueles que a mídia secular gosta de salientar e veremos que ele é Católico e muito Católico, disso não precisamos duvidar e nem nos preocupar. Eu sempre digo que para compreendermos o pontificado de Francisco é preciso conhecer um pouco do estilo de Beato Paulo VI, São João Paulo II e Bento XVI. E sabemos também que Papa Francisco resguarda em si uma espécie de sensus fidei muito arraigado a cultura do povo católico e muito apegado com temas tradicionais e que nunca serão divulgados na mídia secular.

Um Papa extra-eclesial

Francisco disse que o mundo foi varrido por uma crise de Fé e Moral tão grande, que agora é momento da Igreja, por meio de todos os seus filhos atuarem, com a luz da misericórdia divina, neste mundo devastado, de pessoas desiludidas, tristes e cada vez mais pobres, seja espiritualmente ou mesmo materialmente. A estas pessoas o Papa Francisco tem um olhar focado e isso pode-nos causar um certo 'ciúmes', mexer com as nossas teorias, nos incomodar em nossa zona de conforto teórico, relativizar a quantidade que se sabe (o que no mundo da informação não é algo exatamente muito difícil)... enfim... é um olhar mais para fora do que para dentro da Igreja, acostumemo-nos com isso, pois, isso não irá mudar até o fim de seu reinado (talvez, Papa Francisco não gostaria que eu usasse este termo 'reinado' aqui).

O resgate do homem a imagem e semelhança de Deus

O Papa Francisco chama-nos a atenção para a atual situação do homem, do ser humano, da sociedade e trabalha não para dizer que o rebanho de seu redil é constituído por ovelhas cada vez mais protegidas, animadas, seguras, mas, para as ovelhas fora do redil, aquelas que independentemente de sua condição social, de raça, crença se encontra pelo mundo e muitas vezes sofrem, seja por falta de condições básicas materiais, de saúde, de cultura... por estarem longe de Deus, por terem sido enganadas pelas promessas do mundo.. pessoas tão distantes de nós, tão longe das naves de nossas Igrejas e que nem por isso, aos olhos de Deus deixam de ser tão queridas ou até mais desejadas por Deus que nós, ovelhas felizes de seu rebanho, de sua Igreja, guardados, protegidos... Jesus, que olha por nós, também não desvia os seus olhos das ovelhas distantes, perdidas... saibamos nós que o redil de Cristo é ainda maior e que cabe ainda muitos dos nossos semelhantes, que amados por Deus, Dele não tomam nota e nem dão importância... mas, que nós mesmos precisamos saber acolhê-los, pelo simples fato de serem nossos irmãos, nossos semelhantes e imagem e semelhança de Deus.

Busca dos dons

Quantos dons perdidos, destas pessoas que afastadas da Igreja eu necessito, eu irei necessitar para a minha própria salvação ou para a salvação dos meus filhos. É importante lembrar que a Igreja de Cristo é construída não de tijolos, mas de dons, e não há quem não os tenha recebido. O Papa Francisco quer estes dons para a Igreja, busca estes dons para a Igreja e o tempo nos dirá se ele acertou, errou, mas, que no final, a promessa de Deus para a Igreja sempre prevalecerá.

O bom samaritano

Leiamos mais uma vez a parábola do bom samaritano. Ela encaixa muito bem no desenho do pontificado de Francisco. Não era um judeu caído a beira do caminho, era um estranho, um pagão, um 'deles', não um de 'nós'... mas, enfim, quem fez a vontade de Deus, os religiosos que não se compadeceram do homem caído ou do dito pagão que o ajudou com total desprendimento e de maneira digna? Se nos colocarmos, como católicos nesta pergunta, certamente ela irá nos incomodar bastante... quem fez a vontade de Deus, os católicos que viram um homem caído ou o ateu que o ajudou? Isso nos incomoda... e é bom que nos incomode muito e mais ainda, nos desacomode...

Defensor da Família

Papa Francisco é um grande promotor da causa familiar, não somente um entusiasta, mas como um pregador que surge com vigor para defender a célula familiar. Incansável ao lutar contra a ideologia de gênero, repetidas vezes condenada pesadamente pelo Pontífice (estas palavras não se vê por aí...) e se mostra valente contra a cultura de morte.

Polêmicas

Sim, elas existem, são muitas, e não podemos simplesmente afirmar que aqui acertou, ali errou se não lermos a amplitude dos atos, gestos e palavras do Papa Francisco. As vezes, que entendemos como um erro, na verdade pode ser um enorme acerto e o que para nós pode ser um acerto, pode não dar em nada mais a frente. Enfim, em vez de alimentarmos opiniões contra o Papa, confiemos no Espírito Santo que conduz a Igreja, oremos pelo nosso Pontífice, oremos pelo doce vigário de Cristo na Terra e esperemos que se houver limões, há de haver limonadas... Confie em Deus e ame o Papa.

João Batista



quarta-feira, dezembro 07, 2016

Sobre a Previdência Social e Família

Eu nunca entendi parte do tal direito do trabalhador... ele trabalha e empresta ao governo sem garantias de que irá receber de volta...

Sendo assim, é um "direito" que realmente os políticos dizem que não vão mexer... e há muitos anos mexem sempre em favor deles mesmos...

O Direito do trabalhador é receita importante para manter o sistema político... é mais um direito dos políticos do que dos trabalhadores propriamente dito...

Quem trabalha quer dinheiro... por isso, trabalha...o sistema previdenciário, devido a sua estrutura sempre insuficiente para a demanda, acaba por restringir muito este objetivo dos trabalhadores no Brasil... ganhar dinheiro com o trabalho...

É bem verdade que a Previdência pode auxiliar pessoas com incapacidades parciais ou totais para o trabalho... esta é a sua razão de ser e sua maior importância... e por isso, não pode ser totalmente desprezada...

A reforma previdenciária é importante, apesar de ser preocupante com relação ao excessivo tempo de contribuição, tal reforma é necessária para que as pessoas já aposentadas e aquelas que precisam receber o benefício por limitações totais e parciais ao trabalho tenham a garantia de que não passarão por ausência de recursos materiais...

Mas, é hora do governo conceder maiores liberdades nos contratos de trabalho e criar dispositivos de flexibilização dos contratos de trabalho, inclusive contratos de mão-de-obra com relação ao serviço público...

Infelizmente, o brasileiro sustenta a ideia de que o Estado é bom e prove todas as coisas. Este é um discurso esquerdista, por isso, prometem o céu na terra e não conseguirão cumprir... porém, a ideia de um Estado generoso, todo poderoso e que nos provê graciosamente pelo menos o mínimo básico para todos viverem ainda é um sonho de nosso povo... mas, um sonho que não virá nunca a ser realidade...

Naturalmente, caberia às Famílias poder prover o sustento de seus dependentes, seja por idade, por doença, por outras formas de incapacidade para o trabalho... porém, hoje é impensável atribuir à maioria das Famílias esta responsabilidade, uma vez que o ganho dos trabalhadores e a renda das famílias são demasiadamente restritos...

Se as Famílias pudessem com maiores garantias, trabalhar e gerar maior renda e ganhos para si, ela seria o melhor sistema previdenciário do mundo... infelizmente, transferimos muito das atribuições da Família para o poder do Estado... isso nos sai caro e impede muitas vezes as próprias famílias de cumprir com este seu mandato natural...

Enfim... a reforma é necessária... assustadora, mas é real... precisamos, neste momento, pensar em algumas coisas...

1. Dar liberdade de associar-se ou não à Previdência (como podemos ver, a cada dia ela se torna mais inviável e pesada para os trabalhadores)

2. Flexibilizar a CLT e permitir novas formas de contrato de trabalho, que privilegie e garanta um maior ganho do trabalhador, sem eximi-lo totalmente da responsabilidade social

3. Pensar que as Famílias são naturalmente o sistema ideal de previdência, mas que para isso é preciso privilegiar a economia familiar e aumento de renda, desonerado os trabalhadores de excessivos taxas e impostos, para que o fruto do trabalho seja revertido às próprias Famílias, sem eximi-las integralmente de suas responsabilidades sociais...

4. Hoje, a maioria das Famílias perderam a sua capacidade de provedora, pois, muito dos recursos de uma Família são direcionados,por meio de impostos e taxas para manter o Governo, suas estruturas gigantescas e a Previdência.



5. Há de reconhecermos a grande importância social da Previdência Social e esperar que tudo seja racionalmente corrigido, a fim de que esta instituição garanta aos seus dependentes a segurança material e social necessárias.

segunda-feira, novembro 14, 2016

MSM: As Bem-aventuranças


DOMINUS VOBISCUM n.º 15


Caros irmãos e amigos

O mês de Novembro é o mês das Bem-aventuranças.

Como disse o Papa Francisco, na Suécia, no dia 1 deste mês: “As Bem-aventuranças são de certo modo o Bilhete de Identidade do cristão, que o identifica como seguidor de Jesus” (Papa Francisco).

A cruz azul de oito pontas que devemos trazer sempre ao peito, pois nos identifica como pertencendo à MSM, serve, como um muito rico símbolo da cruz de Jesus, mas de uma cruz que em cada ponta das quatro hastes nos recorda as oito Bem – aventuranças. Vale a pena recordá-las muito frequentemente. De cada vez que colocarmos sobre a nossa roupa a insígnia com a cruz azul, devemos recordar as Bem – aventuranças e termos a vontade e a decisão de as pôr em prática.

Em Malmoe, na Suécia, o Papa indica-nos mais seis, numa linha de actualidade e de desafio face aos novos e difíceis tempos que atravessamos. Vou, simplesmente, copiá-las, deixando a cada um o cuidado de sobre elas rezar e de pensar de que modo as podemos pôr em prática. Aqui ficam:

1. Bem-aventurados os que suportam com fé os males que os outros nos infligem e perdoam do coração;
2. Bem-aventurados os que olham para os olhos dos descartados e marginalizados mostrando-lhes proximidade;
3. Bem-aventurados os que reconhecem Deus em cada pessoa e lutam para que os outros também o descubram;
4. Bem-aventurados os que protegem e cuidam da casa comum;
5. Bem-aventurados os que renunciam ao seu bem estar a favor do bem estar dos outros;
6. Bem-aventurados os que rezam e trabalham pela completa comunhão dos cristãos.

Aqui fica o desafio. Vamos caminhar neste sentido sempre novo e antigo de sermos, também nós, bem – aventurados um dia?



Braga, novembro.2016 

........

Carlos Aguiar Gomes
Mestre da MSM e seu primeiro servidor
(Miles – pauper et peccator)

Estado existe para promover o Direito à Vida

Resultado de imagem para direito a vida

O direito à vida e de nascer não só antecede, precede ou está acima do Estado, como este existe em prol de tais direitos... é prerrogativa da instituição Estado e de sua finalidade defender o direito à vida e de nascer, bem como em, na sua medida, promover a segurança e o bem estar das pessoas... qdo um governo, por causa de uma ideologia se funda nos valores contrários à vida, trai não somente a vida da qual deveria ser o custódia, mas, a pessoa é seu valor intrínseco, a Família em última é grave instância, trai-se a própria instituição Estado... tudo é lamentável na horrenda, criminosa e hedionda ideologia que promove a limitação do direito à vida...

Maria, vive e reina com Cristo...

Resultado de imagem para virgem maria vetor

Eu vi um post seu, sobre Maria "estar morta"... eu queria comentar algo... Deus permitiu que os homens que se rebelassem contra a Igreja por causa de julgarem se acima dos demais ou por causa dos pecados ou desacordos dos demais fiéis... permitiu que pudessem recolher no cisma muito daquilo que a nossa Fé tem... permitiu que eles tivessem o mesmo batismo nosso, para serem inseridos no Mistério da Igreja de Cristo, sobretudo aqueles que sem culpa, não ficassem fora da IEu vi um post seu, sobre Maria "estar morta"... eu queria comentar algo... Deus permitiu que os homens que se rebelassem contra a Igreja por causa de julgarem se acima dos demais ou por causa dos pecados ou desacordos dos demais fiéis... permitiu que pudessem recolher no cisma muito daquilo que a nossa Fé tem... permitiu que eles tivessem o mesmo batismo nosso, para serem inseridos no Mistério da Igreja de Cristo, sobretudo aqueles que sem culpa, não ficassem fora da Igreja de Cristo, permitiu-lhes que lessem as Sagradas Escrituras, para elas lhes abrissem os olhos e por meio desta os levassem de volta a unidade do Mistério da Igreja Católica, permitiu-lhes crer que Jesus é o Salvador e que Nele encontrassem o alento e o significado para a Misericórdia e que o próprio Cristo fosse para os que protestavam um instrumento, não só do fundamento, mas como um instrumento de unidade... para que repensassem o caminho de volta à Igreja... mas, preste atenção, que Deus não os permitiu que cressem sob nenhuma hipótese em duas das coisas que lhe são mais caras... Deus não os permitiu que cressem na Eucaristia e não tivessem parte com a Santíssima Mãe de seu Filho, A virgem Maria...greja de Cristo, permitiu-lhes que lessem as Sagradas Escrituras, para elas lhes abrissem os olhos e por meio desta os levassem de volta a unidade do Mistério da Igreja Católica, permitiu-lhes crer que Jesus é o Salvador e que Nele encontrassem o alento e o significado para a Misericórdia e que o próprio Cristo fosse para os que protestavam um instrumento, não só do fundamento, mas como um instrumento de unidade... para que repensassem o caminho de volta à Igreja... mas, preste atenção, que Deus não os permitiu que cressem sob nenhuma hipótese em duas das coisas que lhe são mais caras... Deus não os permitiu que cressem na Eucaristia e não tivessem parte com a Santíssima Mãe de seu Filho, A virgem Maria...

quinta-feira, junho 23, 2016

JB40




Amanhã, dia 24 de junho de 2016, Natividade de São João Batista, às 18:00h, na hora do Angelus, comemoro os meus 40 anos de idade.

40 anos é estranho, na vida não seria uma manhã, nenhuma tarde, nenhum, fim de tarde e também, não é noite e nem fim de noite. Fazer 40 é algo como estar às 16h.

Hmmm.. não sei se é hora de olhar para trás, se é hora de olhar para frente ou se é hora de nada. Não sei e sigo.

Avaliar a vida talvez seja um dos exercícios mais estúpidos que podemos fazer, mas talvez, isso seja para ser feito às 16h da vida.

Se eu for olhar pros meus passos passados, darei ênfase aos meus erros, as minhas fraquezas, aos meus medos... por falar nisso, erro, sou fraco e tenho medo, mas digo com um pouco de alegria, meus erros, minhas fraquezas e meus medos jamais me abandonaram, sempre estiveram lá comigo, principalmente de noite, ou principalmente de dia... e muitas vezes, foram cordiais comigo.. obrigado erros, fraquezas e mêdos.. nunca me abandonaram, mas também, aprenderam a serem comigo cordiais.

Não vou falar aqui o que fiz, o que deixei de fazer... poderia mentir pra mim mesmo e isto seria terrível... o que eu fiz, deixei de fazer, hoje, são pesos desnecessários a serem carregados, recarregados...

As pessoas que um dia me viram, ou comigo falaram... grato por cada uma delas... não tenham dúvidas de que os meus quarenta são feitos também com segundos, minutos, horas, meses e/ou anos que recebi de cada um de vocês... bons ou maus, assim como eu... aprendi nas vossas presenças.. pouco, muito...



O que eu mais penso, nesta véspera e noite de São João Batista, meu protetor...?!

Na verdade, é simples.

O que eu penso, agora não é muito significativo, para o mundo pouco ou nada relevante, para qualquer um que sabe ler, pouco nada interessante... mas, direi, se não para o mundo a mim mesmo.

O que vale nesta vida não é o dinheiro, o trabalho, as contas, o local, a rua ou estrada, não são meramente pessoas, não são os bens ou ferramentas, posso dizer e arriscar que não são sequer os amores que diante de nós se puseram a contemplar-nos ou nós a contemplá-los. O que vale nesta vida, o que levaremos realmente desta vida é apenas aquilo que contemplamos. Contemplar o amor que diante de nós se pôs. Saber ouvir contemplando, saber falar também. Estar junto contemplando, estar longe contemplando. Querer contemplar. Contemplar. Contemple. Não digo pores-do-sol, isso é poético demais ou demais poetizado.. contemple xícaras de café, sapatos desamarrados, o calor do abraço.. contemple o cantar de seus filhos e a oração dos avós.. contemple as diferenças entre você e seus irmãos... contemplemos mais os bons dias que recebemos de pessoas que você pelo menos acha que não conhece... contemple mais as coisas simples... Chega... resumindo, o segredo desta vida é contemplar, contemplá-la, contemplada, contemplar... se não contemplou... não perca tempo.. contemple.. com os olhos, com os ouvidos, com a boca e nariz... com o coração.. não se esqueça de contemplar com a alma ou contemplar para a alma as coisas mais lindas que Deus colocou diante de nós... Não contemplamos para sermos egoístas, contemplamos para sorrir, fazer sorrir.. prestar auxílio que arranca um sorriso.. se arrancar um dia um pequeno sorriso em qualquer que seja a face, contemple...

Resumindo, a vida não é o que vem ou vai, mais é quem vem e quem vai, não é o que se tem ou não, nem aquilo que se ganhou ou perdeu... a vida é aquilo que se contemplou... de preferência, nunca só e sempre com Deus... Afinal, sempre com Deus é o que fará toda a diferença afinal... 

Obrigado Senhor pela minha vida, mas pela minha vida com as pessoas que me destes como companhia, faça com que eu as contemple cada vez mais... minha esposa Andresa, meus filhos João Paulo, Isabela e Guilherme, meus pais, meus irmãos... às Madrinhas, aos familiares de minha esposa, todos os meus amigos, parentes, conhecidos.. todos os que passaram pelo caminho... aos Apostolados, a Militia Sanctae Mariae... à Igreja de Cristo...mestra em contemplação e amor... 

Cantemos a Deus, por meio de Jesus Cristo e de sua Mãe Santíssima, um cântico novo...

Se não poder contemplar com a alma, contemple para ela... 

Segue um vídeo da música 40 do U2, que é o Salmo 40 (41) cantado... 


e Lugar ao Sol, de Charlie Brown Jr.




Só de ter ouvido o Santo Nome de Jesus, o Filho de Maria... já me valeu toda a minha vida.


sábado, junho 18, 2016

Copa do Mundo e Olímpiadas - antes e agora

Quando era criança considerava os anos que tinham Copa do Mundo e os que tinham Olimpíadas anos especiais... achava bom por ter um e outro, porque de 2 em 2 anos teríamos um evento mundialmente legal pra caramba... Os anos passam e a gente envelhece e as coisas perdem a graça... mas Copa do Mundo e Olimpíadas eu não acredito que tenham perdido a graça por causa de minha chatice crescente devido ao vir da idade e ao ir do tempo... mas penso que na verdade, aquilo que era mundialmente legal pra caramba caiu em mãos erradas, de pessoas erradas, de um monte de pessoas que não levaram a sério a verdade do que poderia ser estes eventos... Neste ano de 2016 teremos um destes eventos mundiais, que por algum motivo, este ano especialmente parece-me não estar um evento mundialmente legal pra caramba, não corresponde os espíritos olímpico com o do brasileiro, não se batem, parece que ainda nem sequer foram apresentados entre eles... um lá outro cá... como se um não se importasse com o outro ou até mesmo chego a pensar, que aqui no Brasil, mãos erradas de pessoas erradas não somente afastaram o espírito olímpico, mas, no meio das caladas das noites, acabaram por consegui-lo matá-lo... parece que o tal espírito olímpico morreu aqui no Brasil ao cruzar a Linha Amarela no RJ...
Sobre a Copa do Mundo, o outro evento mundialmente legal pra caramba... desde 98 sinto-me indiferente quando o assunto é a nossa grande Seleção Brasileira... Quando eu era criança, Seleção Brasileira eram como os nos Avengers, os nossos Vingadores, espécie de heróis do bem...Se o Brasil perdia um jogo em Copa do Mundo todo mundo chorava que nem criança, nós crianças e os adultos também... uns despistavam, outros se entristeciam... a nossa espécie de Vingadores havia perdido batalha, uma guerra... e nós com eles... não era guerra de verdade, mas era mais do que a ficção que os Avengers nos apresentam hoje. Depois de 98, apesar que eu havia previsto o resultado no dia anterior, ver uma seleção que arruma o meião, na beirada da área como time ofensor atacando, posso dizer que os nossos Avengers, assim como no pesadelo de Stark, haviam morrido... talvez tenha sobrado a S.H.I.E.L.D., mas sem vingadores, assim também como nos restou a CBF, que era como a nossa SHIELD, mas que hoje é como a Hidra, que conseguiu acabar com os nossos heróis não tão reais, mas também, não tão de ficção...



CopaAs coisas mundialmente legais pra caramba já não são tão mais legais pra caramba...

quarta-feira, junho 15, 2016

Sociedade civilizada Cristã

Podem espernear quem quer que seja, de uma coisa a história é testemunha:

Uma sociedade civilizada só pode ser construída pelos valores cristãos.

terça-feira, junho 14, 2016

Meu amigo, Santo Antônio

Meu amigo Santo Antônio, rogai a Deus por mim e pela minha Família.

Deus seja louvado pelos dons que tu recebestes do Altíssimo Deus,


Ser ultrapassado...



A verdade é que temos que viver o tempo presente, mas como viver o tempo presente?... Vejo jovens se esforçando muito mesmo para se tornarem jovens com pensamentos modernos no tempo presente, enquanto eu pelejo para me tornar de fato um ser verdadeiramente antiguado e ultrapassado neste nosso tempo presente...

Olaf tem razão

Aí vc percebe que já não há mais tanta coisa entre o céu e a terra do que a vã filosofia não possa imaginar...

#Olaftemsemprerazão

sábado, junho 11, 2016

Capítulo da MSM Brasil - Junho



Ontem eu tive a graça de participar mais uma vez do Capítulo da MSM Brasil via hangout. Muito feliz de ver que temos irmãos se empenhando de diversas formas, de diversos modos. Encontrar-me com o nosso Preceptor fr. Michel, meus companheiros Escudeiros fr. Kleber e fr. Danilo e nossos Irmãos de Armas Celito e Diogo.

Feliz por ter apresentado um pouco do Projeto do IIFC-Brasil está elaborando, sobre a Vida Familiar. O Projeto se chama Familiaris Vita, ou A Vida Familiar. Espero contar com a graça de Deus poder dar sequencia e entregar um escopo do ideia original, que creio poderá ser útil às Famílias do Brasil.

São Pedro de Alcântara, Patrono da Militia Sanctae Mariae no Brasil

Imagem de S. Pedro de Alcântara no Vaticano
Imagem de S. Pedro de Alcântara, Frade Franciscano

Pude ler a oração de São Pedro de Alcântara, eleito o Padroeiro da MSM Brasil. Fico feliz por um Frade Franciscano ser escolhido como nosso Patrono, pois a MSM é um Companhia com genes beneditino, porém, o que influenciou muito em sua escolha, e o que pouco sabem, é que São Pedro de Alcântara é também Padroeiro do Brasil e por isso, acolhemos ele como protetor da MSM para o nosso país. Segue a linda oração de S. Pedro de Alcântara, Patrono da MSM no Brasil (esta oração está presente no Missal “Adoremus – Manual de Orações e Exercícios Piedosos” – Por Dom Frei Eduardo, O.F.M. – XX Edição Bahia – Tipografia de São Francisco – 1942.).

Oração a São Pedro de Alcântara, Padroeiro do Brasil 
Ó grande amante da Cruz e servo fiel do divino Crucificado, São Pedro de Alcântara; à vossa poderosa proteção foi confiada a nossa querida Pátria brasileira com todos os seus habitantes. Como Varão de admirável penitência e altíssima contemplação, alcançai aos vossos devotos estes dons tão necessários à salvação. Livrai o Brasil dos flagelos da peste, fome e guerra e de todo mal. Restituí à Terra de Santa Cruz a união da fé e o verdadeiro fervor nas práticas da religião.
De modo particular, vos recomendamos, excelso Padroeiro do Brasil, aqueles que nos foram dados por guias e mestres: os padres e religiosos. Implorai numerosas e boas vocações para o nosso país. Inspirai aos pais de família uma santa reverência a fim de educarem os filhos no temor de Deus não se negando a dar ao altar o filho que Nosso Senhor escolher para seu sagrado ministério.
Assisti, ó grande reformador da vida religiosa, aos sacerdotes e missionários nos múltiplos perigos de que esta vida está repleta. Conseguí-lhes a graça da perseverança na sublime vocação e na árdua tarefa que por vontade divina assumiram.
Lá dos céus onde triunfais, abençoai aos milhares de vossos protegidos e fazei-nos um dia cantar convosco a glória de Deus na bem-aventurança eterna. Assim seja!
Proxima  → Página inicial